Sistema de cristalização:

 

O grande diferencial do sistema cristalização reside no fato de utilizar a própria água para combate-la. Penetrando na estrutura através de seus poros, em contacto com a água, se cristalizam criando uma barreira que impede a penetração da água ou umidade. Portanto, ocorre uma impermeabilização estrutural e não de superfície, como no caso dos sistemas convencionais. E mais, por serem à base de produtos inorgânicos, não existe qualquer possibilidade de rejeição do material, tornando-se a impermeabilização tão durável quanto a estrutura onde foi aplicada.

      GENERALIDADES SOBRE O MÉTODO:

      Nos métodos convencionais de impermeabilização, os produtos funcionam como um escudo contra a água, oferecendo uma barreira mecânica.

      O método de cristalização não busca criar uma resistência à água. Ao contrário, serve-se dela como veículo, sendo, portanto, um produto hidrófilo que impermeabiliza a estrutura definitivamente.

      Trata-se de um duplo sistema de cristalização e membrana elástica, ou seja, impermeabilização hidráulica de pós incorporação à estrutura baseada numa composição de cimentos especiais e aditivos químicos minerais que penetram profundamente nos capilares da estrutura, obtendo-se uma impermeabilização estrutural.

      PRODUTOS A SEREM UTILIZADOS:

  1. Argamassa Polimérica:

      Impermeabilizante de argamassa polimérica  bicomponente, a base de cimento, agregados minerais inertes, polímeros acrílicos e aditivos, que gera excepcionais características de impermeabilidade, resistência, durabilidade e elasticidade. Uma camada de 2mm de argamassa polimérica equivale a 4cm de concreto como barreira de vapor.      

  1. Resina Termo-plástica:

      Impermeabilizante flexível a base de polímeros acrílicos (resina termoplástica), que em composição com cargas minerais ativas, gera excepcionais características técnicas de impermeabilidade, resistência, durabilidade e elasticidade.

      É indicado para impermeabilização elástica de reservatórios elevados, piscinas, tanques ou estruturas com possibilidade de fissuramento.

      C.TELA DE POLIÉSTER:

      Armadura de reforço da impermeabilização, com função importante na resistência à fissuração dos sistemas impermeabilizantes, além de atuar diretamente na resistência ao puncionamento estático, puncionamento dinâmico, resistência à tração, rasgamento, alongamento, estanqueidade, resistência à fadiga, etc... .

 

  1. PRIMER EPÓXI (reforço tubulações):

      Primer formulado à base de resinas epóxi e aduto de poliamidoaminas, para ser utilizado em superfícies de concreto, madeira ou metal. Possui a particularidade de curar em presença de umidade.

Em caso de tratamento anticorrosivo e proteção adicional sem requerimentos estéticos Primer Epóxi pode ser utilizado como revestimento único.

 

    VANTAGENS:

  • tolerância à umidade superfícial
  • excelente penetrabilidade
  • isento de solventes
  • rápida liberação da área
  • ótima capacidade de aderência

 

PROPRIEDADES

ENSAIO

ESPECIFICAÇÃO

NORMA

massa específica da mistura a 25°C

1,00 a 1,06 g/cm³

NBR 5829

teor de sólidos

100%

NBR 7340

viscosidade Brookfield

600 – 700 cPs

ME-CQ 010

pot life (para 100g)

1 a 2 horas

tempo de aplicação da 1ª demão de pintura a 25ºC 

3 a 5 horas

 

 

  • Piscinas
  • Caixas d' água
  • Sisternas
  • Reservatórios de água potáveis
  • Subsolos

 

Segue um modelo com detalhe de impermeabilização de subsolo:

 

 

Para mais informações, solicite um orçamento sem compromisso: 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

11 3614 9258

Nossa missão:

A IMPERMAPE tem como objetivo fornecer serviços com qualidade diferenciada, com excelente atendimento e utilizando sempre materiais de primeira linha com profissionais capacitados.

Ultimas novidades:

©2019 IMPERMAPE. All Rights Reserved.

Search